html templates

PRÓTESES

PRÓTESE FIXA

É a restauração parcial ou total da coroa de um dente, quando se denomina prótese fixa unitária, ou a substituição de um ou mais dentes perdidos, quando se denomina prótese parcial fixa (ou "ponte fixa"). Ao ser fixada sobre os dentes do paciente, previamente preparados para recebê-la, reabilita-o para mastigar, falar ou sorrir.

Recebe o nome de "fixa" porque não pode ser inflamação removida pelo paciente ou pelo dentista, a menos que este a corte com o uso de brocas especiais. As próteses fixas podem ser só metálicas; metálicas revestidas por um material estético plástico ou cerâmico, da cor dos dentes; de cerâmica; e, finalmente, de resinas ou plasticos especiais.

PRÓTESE PARCIAL REMOVÍVEL (PPR)

É um aparelho protético que substitui os dentes naturais, perdidos em arcadas nas quais ainda permanecem alguns dentes naturais, portanto, com perda parcial de dentes. É chamada de removível porque pode ser retirada pelo paciente no momento que este desejar. 

PRÓTESE TOTAL

É confeccionada uma prótese total removível, sem envolver implantes. 

PRÓTESE SOBRE IMPLANTE

Utiliza-se a prótese sobre implante em casos unitários, múltiplos e totais. É necessário uma avaliação para definir cada caso. Quando ocorre a perda de um dente e deseja-se evitar o envolvimento dos dentes vizinhos como pilares para um ponte fixa, está indicado o implante dentário.

Para casos múltiplos, é um método de fixação mais eficaz que o da prótese dentária removível (no caso das dentaduras) e também em casos em que há uma perda total de dentes e existe osso suficiente para suportar implantes dentários. A prótese sobre implantes tem encaixes específicos que se fixam aos implantes de forma perfeita.

Por que o dente perdido precisa ser substituído?
Os dentes, para funcionarem bem, precisam estar em equilíbrio nos arcos dentários superior e inferior, sempre submetidos a um sistema de forças oriundas dos músculos mastigadores, lábios, bochechas e língua. A perda de um só dente desequilibra esse sistema de forças e os dentes movimentam-se migrando para compensar a perda. Espaços são criados, desníveis acontecem e a mastigação e a estética sofrem. Os dentes precisam ser recolocados porque eles fazem parte de um todo: o sistema mastigatório. 

PLACA DE BRUXISMO

A placa de bruxismo, também conhecida como miorelaxante, é um aparelho confeccionado em acrílico que é colocado sobre os dentes e que apresenta três funções principais: a primeira é a de proteger os dentes de se desgastarem em pacientes que apresentam parafunção, como o bruxismo (hábito de ranger dentes); a segunda é a de aliviar as articulações temporomandibulares (localizadas em frente aos ouvidos) contra as forças excessivas que se formam durante a parafunção; e a terceira é a de induzir o relaxamento da musculatura. O diagnóstico é realizado através de uma avaliação clínica, da qual o profissional irá inidcar algum exame complementar, se necessário. 

Copyright © Fernando Cauduro - 2019. Todos os direitos reservados. Rua Carlos Huber 760, Porto Alegre - RS - Brasil
Fones: 0 xx 55 (51) 998072701 . 3331-6377 . 3330-1224 . 3330-7599 

Fale conosco pelo WhatsApp